XXVII Domingo do Tempo Comum

08 de outubro de 2017

 

Admonição inicial

A Liturgia da Palavra deste Domingo utiliza a comparação da vinha, pela qual Deus manifestou tanto amor e desvelo, com a casa de Israel! Paradoxalmente, essa vinha predileta só veio a produzir uvas amargas!

Jesus aplica esta imagem aos guias infiéis do Seu povo e anuncia que a «vinha» lhes será retirada e confiada a trabalhadores que produzam e entreguem a Deus, os frutos por Ele esperados.

A nossa fé só será autêntica se for acompanhada das obras do amor que lhe correspondem. Deus exige-nos, constantemente, frutos de paz, de justiça, de bondade, de compaixão e de misericórdia.

Na 2ª leitura, Paulo insiste nos aspetos concretos da vida cristã; porque a autenticidade da nossa fé só se encontra nas obras do amor que praticamos.